LOGOTIPO DNEGOCIOS

                            julho de 2016

HORÁRIO DOS ONIBUS DO LITORAL DO PARANÁ HORÁRIO DOS TAXIS DE PARANAGUÁ FACEBOOKTWITTER G+

ANIVERSARIO DE PARANAGUÁ






JUNHO

MAIO

ABRIL









































































Livraria Cultura - Clique aqui e conheça nossos produtos!










































































Livraria Cultura - Clique aqui e conheça nossos produtos!








































































Livraria Cultura - Clique aqui e conheça nossos produtos!





















JUNHO

MAIO

ABRIL

                                                                               

                     

Paranaguá

P A R A N A G U Á

Paranaguá é do ponto de vista histórico e social, a capital do litoral do Paraná. Citada nos anais da história como berço do estado do Paraná, porque em suas orlas aportaram os primeiros colonizadores.
        A modernidade cada vez mais presente, não conseguiu sombrear os prédios-monumento do seu centro histórico nem seus ares de vilarejo de um passado ainda visível não apenas em seus recantos turísticos, mas também no jeito amigo, na linguagem local e no sotaque cantadinho que identifica os que se orgulham de ser daqui.

O Grande Mar Redondo

A colonização desta região do Paraná teve início, por volta do ano de 1550, primeiramente na Ilha da Cotinga, movida por interesse na extração Paranaguá em 1885 de ouro, que se dizia abundante na região.
        A Capitania de São Vicente, ao norte, foi doada a Martim Afonso de Sousa, e a de Sant’Ana, no litoral sul, a Pero Lopes de Sousa. O território que forma o Paraná atual fazia parte dessas duas capitanias.
        A ocupação efetiva do Paraná, veio do interior para o mar por iniciativa dos espanhóis, a partir de 1554, quando eles decidiram fundar algumas vilas no território que é hoje o Estado do Paraná. A estratégia espanhola era dominar cerca de 200 mil índios carijós habitantes da região de Guairá que compreendia parte do atual estado do Paraná e parte de santa Catarina, paralisar a penetração portuguesa que avançava além da linha fixada pelo Tratado de Tordesilhas, e conseguir uma saída marítima para o Atlântico pela baía de Paranaguá.
        A maior parte do território paranaense não pertencia a Portugal no século XVI. Somente a região litorânea, interessava aos portugueses pela possibilidade da existência de ouro, mas colonizar essa região era uma tarefa extremamente difícil para Portugal, principalmente porque a região sul do Brasil não tinha condições de fornecer lucros imediatos aos exploradores.
        Durante os primeiros anos do século XVI, pouco acontecia na região. Nessa época, o litoral do Paraná pertencia à Capitania de São Vicente e segundo Romário Martins, historiador paranaense, os primeiros exploradores preferiam permanecer no litoral por causa da dificuldade que era subir a serra do Mar.
        Atraídos pelas notícias da existência de ouro que se presumia existir nas chamadas terras de Sant'Ana, ao sul da Capitania de São Vicente, eles intensificaram a navegação em busca de riquezas que a região talvez pudesse oferecer.
        Nos anos de 1550, entraram através de Ararapira e Superagüi, penetrando e navegando a vasta baía de Paranaguá, as canoas vicentinas exploravam as terras ao redor, e se admiraram de ver muitas habitações de índios carijós. Receosos da reação dos índios dirigiram-se para a ilha da Cotinga, e seguiram pelo canal do furado, que a divide da ilha Rasa. Ali começaram a construir suas habitações.
        Quando perceberam que os carijós eram amistosos e não ofereciam riscos, deixaram a ilha da Cotinga e se mudaram para onde está hoje a cidade de Paranaguá, por ser uma planície elevada, com uma fonte de água nativa e cortada pelo rio Taguaré (Itiberê), um fundeadouro seguro, ao abrigo dos ventos e dos piratas.
        Exploraram recôncavos, e recantos que circundam a baía, e finalmente descobriram ouro de lavagem nos vários rios da região, que ficou conhecido como “ouro das minas de Paranaguá”. A notícia correu e outros faiscadores, chegavam à região para se juntar aos grupos que labutavam com bateias.
        Assim, durante muito tempo a região foi, dos índios e dos faiscadores, até que vinte anos depois, o paulista Domingos Peneda liderou a chegada dos pioneiros a “Pernagoa”,que em guarani, lingua dos indios carijós, significa "Grande mar redondo".
        Domingos Peneda incentivou o comercio com outras regiões litorâneas, permutando ferramentas, anzóis e tecidos, vindos principalmente de Santos, mas também do Rio de Janeiro, pelo algodão dos Carijós.
       

De 1549 a 1556, os missionários jesuítas já haviam percorrido tudo, até as fraldas da Serra do Mar.
        Em 1580 Portugal e suas colônias passam para o domínio espanhol e "Pernaguá" aparece nos mapas como “Baya de la Corona de Castilha”, descrito como um lugar meio perdido entre o Rio de Janeiro e o Rio da Prata.
        Este período de domínio espanhol foi muito importante para a história do Paraná, porque o Tratado de Tordesilhas, que dividia as terras dos portugueses e espanhóis deixou de ter sentido e de ser respeitado pelas entradas e bandeiras permitindo a expansão do território que é hoje o estado do Paraná e aumentando significativamente o movimento em Paranaguá, sua principal porta de entrada.
        Esse tal lugar meio perdido entre o Rio de Janeiro e o Rio da Prata cresce. A população aumenta, instala sua Câmara Municipal, vira vila com escrivão juramentado, até que em 1640, chega o Capitão Provedor Gabriel de Lara, e sua fidalga família com investidura de governo militar.
        Em 1646 o Capitão Provedor Gabriel de Lara mandou erigir o Pelourinho, símbolo do poder e justiça de El-Rei. Após dois anos, em 29 de julho de 1648, a povoação passa a se chamar Vila de Nossa Senhora do Rocio de Paranaguá e a partir daí, durante muito tempo, a vida de Paranaguá era assim. Os faiscadores entrando pela baía, arrancando ouro, e enchendo as burras do governo português,
        Em 1660 a região de Paranaguá tornou-se Capitania, e de lá para cá, vai expandindo seu casario pelas margens do rio Itiberê e tecendo com os fios do ouro da lenda e da História o seu destino de berço da civilização paranaense.
        Fato marcante para Paranaguá foi a visita de D. Pedro II, em 1880, para o lançamento da pedra fundamental do edifício da Estação Ferroviária, inaugurada dia dois de fevereiro de 1885, e até hoje é motivo de grande orgulho para a engenharia nacional.
        Em 1935 Paranaguá ganhou o porto Dom Pedro II, que mudou o perfil econômico da região, sendo considerado o segundo maior em volume de exportações e o primeiro da América Latina em movimentação de grãos.
       Conhecer Paranaguá é descobrir nas paredes do casario colonial um pouco mais de nossa história. Visitar a Ilha da Cidade de Paranaguá Cotinga, a Ilha do Mel, a Catedral, o Colégio dos Jesuítas, a Fontinha onde, bem antes dos brancos, o povo carijó ia matar sua sede e como mencionei no começo desta narrativa, incentivou os primeiros visitantes a se transferirem da ilha da Cotinga para cá.
        Para conhecer Paranaguá, você não venha com pressa. Tem muita coisa pra ver e pra conhecer e cada uma delas é uma história a mais que você vai ter pra contar. Tem o Museu de Arqueologia e Etnologia, o Teatro Raquel Costa, as igrejas e restaurantes de altíssimo gosto que vão deixar você feliz de ter vindo. Paranaguá fica a 15 minutos de carro, das mais lindas praias do litoral paranaense. No caso de você querer alugar ou comprar um cantinho pra curtir seus feriados por aqui, pode clicar neste link e você vai para uma das melhores imobiliárias da cidade. Venha pra Paranaguá! Você não sabe o que está perdendo!

FACEBOOK TWITTER G+

                     

EDITORIAL

CADA UM COMPRA APOIO COMO PODE

A pretexto de evitar o colapso dos serviços públicos do Rio de Janeiro, o governo de Michel Temer vai conceder R$ 2,9 bilhões ao Estado, que em tese destinará os recursos à segurança da Olimpíada. Trata-se na verdade, de uma doação porque na prática, não há como verificar se o dinheiro terá outros usos, como o pagamento de salários de servidores, compromisso que um governo degradado ao extremo não consegue cumprir regularmente.
A calamidade fluminense, produzida por gestões calamitosas do atual gestor, apressou um acordo de renegociação das dívidas estaduais com a União. "Apressado" é o nome conveniente para um socorro financeiro sem contrapartidas conhecidas. Os Estados obtiveram moratória de seis meses. Voltariam a pagar as prestações integralmente daqui a dois anos. Está previsto também um alongamento do débito por 20 anos e renegociação com o BNDES. Informalmente, sabe-se que os Estados, em troca, não poderão elevar despesas primárias além da inflação, por 24 meses, e vão ter que se submeter ao teto de gastos que o governo pretende inscrever na Constituição. O descumprimento do acordo provocaria a anulação do contrato de renegociação da dívida. Em primeiro lugar, normas de pactos passados, mais estritas já foram transgredidas e premiar a irresponsabilidade só incentiva novas violações dos acordos. Seria razoável que se impusessem restrições às causas centrais do aumento desmedido de gasto, o que não aconteceu. Pelos termos conhecidos da “negociação”, nada visa a evitar que os Estados em situação mais ruinosa como o próprio Rio de Janeiro voltem a soçobrar assim que se retome o pagamento integral da dívida. Quanto às receitas, nada se ouviu a respeito de reversão de favores tributários para empresas, de aumento das contribuições previdenciárias ou de revisão patrimonial como privatizações, por exemplo.
O governo Temer deixou de lado a discussão da Lei de Responsabilidade Fiscal Estadual e perdeu a oportunidade de incluir no pacote uma solução definitiva para a farra tumultuária da legislação do ICMS.
O presidente interino, Michel Temer, apressa-se em obter apoio político ao custo de concessões financeiras demasiado tolerantes, sem contrapartidas claras de controle duradouro das contas públicas.

LIVROS



Crônicas de amor, sexo e culinaria
Claudia Monteiro de Castro

Crônicas de Amor, sexo e culinaria

Crônicas de Amor, sexo e culinária pode ser definido como a união dos três mais importantes ingredientes para uma vida saudável. Um livro bem-humorado com receitas de cozinha, divertidas histórias de amor e uma enorme pitadinha de sexo. Comer, amar e fazer sexo são para muitos, as melhores coisas da vida. E é com muito bom humor que Claudia Monteiro de Castro une estes três ingredientes em um divertido livro.
        O enredo gira em torno das aventuras da mulher urbana moderna, suas experiências, conflitos amorosos e muitas boas calorias.
        Em Crônicas de amor, sexo e culinária, Claudia oferece ao leitor receitas de cozinha, algumas de próprio punho, outras cedidas por famosos restaurantes do Brasil: Amor aos Pedaços, Pitanga, La Tambouille, Antiquarius, Todos os Prazeres, Tanger, endereços que existem por aí para dar sabor a tantos importantes momentos da vida cotidiana.
       O docinho "Espera-telefonema" - para degustar enquanto se espera o telefonema do ser amado; a "Lágrima de musse de chocolate branco com calda de framboesa", para espantar a depressão, e olha que espanta mesmo; ou ainda a "Receita do Don Juan", bem menos gastronômica, para conquistar o namorado (ou a namorada).
        Um delicioso livro para aprendizes e experts em amor, fãs de cozinha, indicado para acabar com qualquer indisposição física ou emocional e para demonstrar que não somos os únicos no mundo a chorar a noite inteira por causa de um coração partido e a ter verdadeiros momentos de prazer degustando uma bela refeição.


Seleção de Livros! Clique e confira.

Livraria Cultura - Clique aqui e conheça nossos produtos!
FACEBOOK TWITTER G+

                     

sopa no inverno.
.

Sopa em Dias de Frio



     Marília Milena

       Inverno é tempo para conforto, para comida boa e calor, para
                   o toque de uma mão amiga e para uma conversa ao lado do fogo.
                   (Edith Sitwell)

O ano está passando. Dá para acreditar que já estamos em julho? E o inverno, este apressadinho gelado, amado por uns, odiado por outros, chegou. Pra esquentar, o jeito é apelar pra sopa.
        Tomar uma sopa antes de dormir é sentir-se abraçado. É um conforto para o paladar e por isso, na época do frio, elas se tornam parte de um ritual, muitas vezes passado de mãe pra filho.
        Quem é que não gosta de se enrolar na coberta numa noite fria para ver um filminho! E quem é que não gosta de aproveitar as sopas, os fondues, chás, e outras delícias no friozinho do inverno?
        É verdade. No frio bate aquela vontade maluca de comer como se não houvesse amanhã. Fondues, sopas e caldos, Paes e chocolates são alvos fáceis para quem procura esquentar o corpo. Porém, inverno não precisa ser sinônimo de comidas calóricas. Há opções de sopas gostosas e ao mesmo tempo saudáveis. Só não inclua dois carboidratos na mesma sopa, como mandioquinha e batata ou aipim e milho, porque aí sim. Pode ficar muito calórica.
        Uma sopa quentinha é a receita ideal para enfrentar os dias frios, mas para garantir uma refeição saudável e completa ela precisa

ter uma fonte de carboidratos, leguminosas e uma fonte de proteínas, que pode ser vegetal ou animal.
        Alguns legumes são muito indicados, porque agregam poucas calorias e ainda ajudam a deixar a sopa mais consistente. Chuchu, brócolis, palmito, aspargos, tomate e cebola são alguns dos ingredientes que não alteram muito o teor calórico e ainda são ricos em nutrientes bons para a saúde. As folhas escuras, ricas em fibras como couve e espinafre também são ótimas alternativas.
        Sopas são extremamente nutritivas, aquecem o corpo e a alma e são ótimas para a noite porque são de fácil digestão, exigindo menos do nosso metabolismo que como sabemos, diminui durante a noite.
        Sopas também ajudam a desintoxicar e emagrecer, então é uma ótima escolha para quem andou ganhando uns quilinhos a mais. É um alimento antigo. Pesquisadores afirmam sua presença desde a pré-história! E o legal é que está pelo mundo todo, cada país tem uma sopa tradicional que tem sua cara, como por exemplo: no Japão é o missoshiro, na Itália o Minestrone, e em Portugal a canja, esta que a gente conhece e que está muito presente aqui também.

Seleção de Livros! Clique e confira.

FACEBOOK TWITTER G+

                     

COMER BEM

Batata a Milanesa

INGREDIENTES


3 batatas grandes em rodelas cozidas al dente com sal 2 ovos batidos 3 colheres de sopa de leite 2 colheres de sopa de farinha de trigo 2 xícaras de chá de farinha de rosca 50 g de queijo parmesão ralado Sal orégano a gosto Óleo para fritar

COMO FAZER

Misturar a farinha de rosca com o queijo ralado e o orégano. Misture nos ovos batidos o leite uma pitada de sal e a farinha de trigo e mexer bem para desfazer os gruminhos. Passar as rodelas de batatas na farinha de rosca nos ovos batidos e novamente na farinha de rosca e fritar em óleo quente. Escorrer sobre papel absorvente e servir.

Pudim de Brigadeiro

INGREDIENTES

.
1 lata de leite condensado 1 lata de creme de leite 1/2 xícara (de chá) de açúcar 1 xícara (de chá) de chocolate em pó 3 ovos 1 colher (de sopa) de margarina Margarina para untar Chocolate granulado(para cobrir)

COMO FAZER

Coloque todos os ingredientes no liquidificador e bata bem até que se forme uma mistura uniforme. Unte uma forma de oco no meio com margarina. Leve ao forno médio por quarenta minutos. Espere esfriar e desenforme. Cubra com granulado e leve para gelar. Fica cremoso e delicioso.

Seleção de Livros! Clique e confira.

FACEBOOK TWITTER G+

                     

produtividade

10 Hábitos para aumentar a sua produtividade.

Marília Milena
                                                 ““É mais fácil vencer um mau hábito hoje do que amanhã.”(Confúcio)

Hábito é uma tendência ou comportamento, inconsciente (não planejado), que se cria pela repetição frequente de certos atos. Se você torna uma ação parte da sua rotina, executando essa ação todos os dias, ela vai se tornando automática e depois de certo tempo você não vai precisar de tanto esforço para realizá-la.
Na edição de junho, você conheceu os 10 hábitos saudáveis e descobriu que desenvolver bons hábitos é a base de todo crescimento. Dessa vez como prometi, eu vou te indicar 10 hábitos que você pode começar a colocar em prática agora mesmo para deixar a sua vida mais produtiva.
       

10 Hábitos simples para produzir mais

1.   Priorize. Se você tem uma lista de coisas a fazer, faça essas coisas por ordem de importância. Provavelmente algumas de suas tarefas já estavam previstas antes do seu dia começar e outras vão surgindo ao longo do dia. Então, logo de manhã faça uma lista por ordem de importância e resolva as principais, mais complexas e importantes. Assim você diminui o “peso” do dia enquanto tem mais energia e mais tempo. Começar pelo mais fácil, é contraprodutivo.

2.    Planeje-se, mas não muito. O planejamento é importante e você deve decidir com antecedência o que você vai fazer hoje ou nesta semana. No entanto, o planejamento para duas semanas ou mais é quase sempre ineficaz, principalmente se sua atividade for muito dinâmica. Consulte a sua intuição, se já é hora de se preocupar com algo, ou se será mais produtivo deixar um pouco mais pra frente.

3.    Não roube horas de sono para trabalhar. Acordar de manhã cedo é uma ótima ideia desde que você já tenha dormido o suficiente. O ideal é usar a formula das oito horas. Se for dormir às dez, levante às 6, se for dormir às onze, levante às 7, sempre observando oito horas de sono. Se você foi dormir a meia noite e levantou às 7, compense a hora que faltou, com uma sesta depois do almoço ou indo dormir mais cedo na noite seguinte.

4.    Aprenda sempre algo novo. Ninguém sabe tanto que não precise aprender mais nada. Quanto mais você adquirir conhecimentos relacionados ao seu negócio mais chances você tem de alcançar resultados melhores em menos tempo. Produtividade é isso.

5.    Não adie tarefas. Evite a procrastinação. Se algo

.
precisa ser feito, dito ou resolvido e já existem todos os meios para isso, faça. Não deixe para depois. Quanto mais coisas resolvidas de forma definitiva, menor a chance de voltarem a tomar tempo e espaço na sua agenda. Mesmo que você tenha resolvido as suas prioridades do dia, não deixe as outras tarefas para amanhã porque das duas uma: ou você nunca mais vai fazer essas tarefas ou elas vão atrapalhar as coisas que você tem que fazer amanhã.

6.    Cheque o seu e-mail duas ou no máximo três vezes por dia. Abrir E-mail pode facilmente se tornar um vício, mas geralmente é desnecessário verificá-lo a cada 10 minutos.

7.    Separe o urgente do importante.É fundamental distinguir o que precisa de atenção imediata do que precisa ser resolvido, mas pode aguardar um pouco. Muitas pessoas encaram tudo como urgente urgentíssimo, e acabam deixando as tarefas prioritárias de lado. Não caia nessa. Se tudo é urgente, nada é urgente. Se concentre no que realmente importa e diga não para tarefas sem importância.

8.    Mantenha o seu ambiente de trabalho limpo e organizado. Ter uma mesa limpa e uma sala arrumada é importante para manter o foco e a criatividade.

9.   Defina prazos rigorosos. Quando você iniciar algo, decida quando terá que estar concluído. Há uma regra que diz que você, precisando ou não, vai usar todo o tempo que tem disponível para completar uma tarefa. Portanto cultive o hábito de estabelecer prazos rigorosos para maximizar a sua produtividade.

10.    Tire um dia por semana para esquecer trabalho. Ao invés de trabalhar na mesma atividade sete dias por semana, tire um dia por semana (domingo por exemplo) para se dedicar a outras atividades. (Para não ligar o computador se você trabalha online por exemplo), ou simplesmente para estar com a família ou praticar um hobby. Este décimo e último item é a melhor estratégia para driblar o estresse e viver mais feliz.

Gostou das dicas? Você vai gostar mais ainda quando conseguir implantá-las na sua vida. Na próxima edição, dia primeiro de agosto, vou te informar os 10 Hábitos Que Vão Alavancar o Seu Desenvolvimento Pessoal e Profissional. Tenha o melhor mês de julho que você conseguir ter. Deseje o mesmo pra mim.

          Encontre lindas SAPATILHAS na Marisa
                              a partir de R$ 19,99

                       CLIQUE AQUI E CONFIRA

FACEBOOK TWITTER G+

                     


HOROSCOPO
Fonte:“Worldwide Horoscope”                julho - 2016             ambos os sexos
JULHO

Julho tem Mercúrio transitando na Constelação de Leão e incentivando, ou melhor, esclarecendo bem que já chegou a hora de correr em direção a seus objetivos. Áries, Leão e Sagitário serão os mais alcançados por esses trânsitos, e isso impedirá que percam tempo. Será mais fácil sair de um impasse com realismo e determinação. realismo cruos valores fundamentais estão mais em voga do que o de costume, Seja no plano afetivo ou material, os valores fundamentais estão mais em voga do que o de costume, o que fará muitos de vocês repensarem seus objetivos. O centro do interesse de todos no mês de Julho estará no mundo dos afetos e é por isso que os signos de fogo precisam estar atentos para não terem problemas de relacionameno. Mais tranquilidade para os demais sigos.

AQUARIO - 21/01 a 19/02
aquário As duas primeiras semanas do mês são sinônimos de frustração nos relacionamentos. Você será muito solicitado a servir os outros e terá a impressão de que isso não é mútuo. Exigências externas muito grandes estão aparentemente explorando o fato de você não ter escolha. Amigos e novas perspectivas de evolução. Está se aproximando um momento em que você terá que mostrar decisão em seus atos. Coloque um pouco de lado os seus desejos e anseios pessoais . A vida afetiva caminha com pouca ternura e as explosões de emotividade não serão tão ilógicas ou infundadas quanto parecem. Você precisará de muita paciência e o melhor é deixar as coisas acontecerem livremente com as finanças e a carreira se desenvolvendo nos bastidores.

PEIXES - 20/02 a 20/03
peixes Julho chegou harmonioso e carregado de mudanças, que serão flexíveis, porém profundas. você viverá situações que o ajudarão a se soltar, o que será extremamente benéfico no plano sentimental. Você vai precisar pesar os prós e os contras, a fim de tomar decisões acertadas e de se desfazer do que não interessa mais. Este mês não tente impor sua vontade ou “forçar barras”. Quando não há muito de construtivo que possa ser feito, o melhor a fazer é divertir-se e desfrutar do momento. Relaxe e deixe-se guiar pelo de curso dos acontecimentos. Não force as coisas nem num sentido nem noutro. Se puder evite decisões importantes. O tempo é que vai resolver tudo e não você.

ARIES - 21/03 a 20/04
aries Julho chegou na sua vida bastante agradavel, especialmente nos planos afetivo e financeiro, e traz de presente pra você uma trégua em suas batalhas diárias que tem sido muito acirradas. Você vai poder consolidar sua posição profissional e demonstrar suas ideias através de resultados que reforçarão a opinião das outras pessoas sobre você. O sucesso chega pela porta da frente. O mês é bom para aclarar questões psicológicas mal resolvidas e calafetar os buracos nos relacionamentos familiares. Tudo que se relacione com melhorias no lar cairá bem este mês. Aproveite a oportunidade, pois ela não vai durar tanto tempo. Sua vida e seus planos avançam, é verdade, mas seja paciente com outros que não estão tendo tanta sorte assim. Ganhar dinheiro e investir é sua prioridade, porque você mede o sucesso profissional em função do dinheiro que ganha. Não é tempo ainda de ascensões meteóricas, mas de progresso lento, passo a passo. Se você está procurando emprego apresente seus currículos antes do dia 31.

TOURO - 21/04 a 20/05
touro Este mês o recado pra você é; “se apresse lentamente”. Há um clima próspero nos relacionamentos e no plano financeiro. Vênus, seu planeta regente, cria situações ideais para reorientar suas interações na direção daquilo que é realmente importante pra você, com flexibilidade e eficiência ao mesmo tempo. Você, espontaneamente, ficará fora de polêmicas e discussões, o que é vantajoso para você. Não há como apressar as coisas. Você terá que deixá-las acontecer à maneira delas. Depois do dia 22, repouse e relaxe mais. Faça dos obstáculos seus degraus para alcançar um sucesso ainda maior e progredir ainda mais com a família e com as finanças.

GÊMEOS - 21/05 a 20/06
gêmeos Ambiente perfeito para fazer um balanço profundo sobre o que mais o preocupa. Um período de conscientização será concluído, o que será extremamente positivo para livrar seus ombros de pesos mortos no plano emocional e em relação à família. As questões financeiras permanecerão importantes até o dia 22. Você está intrépido, confiante e progride notoriamente. Está mais rápido do que as tendências do mercado e parece estar sempre um passo à frente delas. A mente está aguçada, e a competência linguística, prodigiosa. Após o dia 22, sua vida está muito ativa, reforçando a capacidade de ganhos e o entusiasmo. A saúde permanecerá boa ao longo do mês.

CÂNCER - 21/06 a 21/07
câncer Os impulsos para ação este mês estão muito diretos como você gosta. Afaste as influências negativas de sua vida financeira, e mantenha o senso de equilíbrio! Você está mais independente, autodeterminado e deliberado do que esteve ultimamente. Pode ser comparado a um jardim que, iluminado pela luz solar, transborda de cores, riqueza e beleza. As pessoas estão mais voltadas para as ações do que para os sentimentos, mas você é independente e seguro

.
de si e está pronto para se virar sozinho quando precisar. Marte, seu Planeta da Carreira, entra no seu signo indicando avanço profissional, e mostrando que você está se tornando uma pessoa mais madura. Dedique-se a metas financeiras audaciosamente, existe muita energia e apoio protegendo você.

LEÃO - 22/07 a 22/08
Leão você terá facilidade para concluir situações e processos para recomeçar com mais leveza e de forma direta em outro circuito da vida. Viverá situações que facilitarão seu caminho e o ajudarão a se afirmar, em todos os domínios. O Sol, Mercúrio e Vênus serão parceiros de peso que o acompanharão para fazer com que seus projetos avancem, mas também para se libertar de seus medos e se expressar com entusiasmo e com um impacto positivo em sua vida social. Está na hora de ponderar sobre os últimos acontecimento e avaliar seu desempenho e realizações. Reserve algum tempo para traçar metas futuras e pensar com clareza no que deseja da vida. Sua saúde estará boa durante o mês inteiro, As finanças permanecem ativas e fortes. Você está entrando num ciclo financeiro ascendente, e falta muito ainda para chegar ao pico. Sua imagem será importante para o seu sucesso financeiro neste mês. Suas áreas essenciais na vida estão avançando.

VIRGEM - 23/08 a 22/09
virgem Mobilize sua energia mental em direção a mais tenacidade e combatividade para se libertar de certos condicionamentos disfarçados, mas bem concretos, Os assuntos domésticos e familiares passarão temporariamente para o segundo plano. Por ora, esteja atento para agarrar as oportunidades profissionais e procurar desenvolver mais sua vida social, procurando conhecer as pessoas certas e divulgar o que faz. Julho será um mês para realizar suas aspirações e colher os frutos das boas ações do passado. Evite críticas ferinas. Você não sabe o quanto sua língua estará afiada neste mês. O ritmo profissional está visivelmente desacelerado. A atividade será mais intensa na esfera das amizades. O movimento retrógrado de Júpiter contribui para o bloqueio social que você tem sentido, como se as coisas estivessem andando para trás. Use esta calmaria para se concentrar em si mesmo e atingir suas metas pessoais.

LIBRA - 23/09 a 22/10
libra Viva situações ideais para elevar o nível de sua vida profissional. o Seja audacioso para reforçar seus ganhos e sua posição. É o momento ideal para se lançar em um projeto comercial e se dedicar a um trabalho importante. Vênus em sextil com seu signo apoia sua vida sentimental e a qualidade de suas interações, a partir do dia 15. Mas, em compensação, ele tende a deixá-lo muito impulsivo. Cabe a você demonstrar paciência e tato.você precisa conciliar carreira, vida sentimental, responsabilidades familiares e preferências pessoais. procure repousar e relaxar, sempre que as circunstâncias o permitirem. Esteja atento a pequenos lapsos mentais; quando surgirem, é hora de parar o trabalho e fazer uma pausa. Não adianta forçar os próprios limites, porque você acaba tendo que refazer tudo mais tarde.

ESCORPIÃO - 23/10 a 21/11
escorpoão Julho abrirá novas perspectivas em sua vida Sua criatividade segue em curva ascendente abrindo portas em sua vida profissional. As dificuldades no trabalho não chegam a assustá-lo e nem o impedem de alcançar seus objetivos. janelas de oportunidades se descortinam no plano profissional. Será um bom tempo para assumir responsabilidades adicionais no trabalho, fortalecer os laços afetivos com os colegas e avançar na profissão. Você vai precisar contrabalançar as obrigações domésticas e familiares com as aspirações profissionais. Sua saúde está boa mas tente começar a repousar e relaxar mais. Alterne o trabalho mental com atividades puramente físicas, para que seus hemisférios cerebrais tenham tempo suficiente para recarregar as baterias. Quando uma porta se fecha outras se abrem. Essa é a dinâmica cósmica.

SAGITÁRIO - 22/11 a 21/12
sagitário Aproveite todo o seu potencial, principalmente em sua vida familiar. Os influxos do Sol lhe darão um ganho de energia ideal para harmonizar seus laços familiares e colocar mudanças em prática sua força intelectual deverá ser inteiramente mobilizada para concretizar um projeto. Faça o que for possível para estabilizar sua vida financeira. Reduza custos, corte despesas e livre-se de coisas que não fazem parte mais da sua vida. Será preciso criar espaço — físico e mental — para as boas-novas que chegarão. Neste mês a principal notícia para você é o movimento retrógrado de Júpiter. Não é momento para autoafirmação e nem para excessiva independência. É um momento para o reexame, a cooperação, para fazer as pazes e se reconciliar.Estudar e pesquisar é o melor caminho para se chegar a uma certeza.

CAPRICÓRNIO - 22/12 a 20/01
capricórnio O trânsito de Vênus em oposição com seu signo, revelará certas verdades diante de seus olhos e o forçará a mudar seus hábitos. O clima será mais fraternal e você terá mais facilidade para agir e trocar ideias, e isso facilitará muito as coisas. Aguente firme. A maioria dos seus problemas se solucionará de uma forma ou de outra. Tente descansar e relaxar mais. Estamos vivenciando uma ausência de força nos signos da Água, o que indica ausência de sentimentos e insensibilidade. As pessoas estarão ignorando por completo os sentimentos alheios e isso pode gerar alguns riscos. Os assuntos financeiros ainda estão se desenvolvendo e requerem tempo. Não tente queimar etapas. Os seus ganhos vão bem, mas um negócio vultoso ainda continua na incubadora. Minimize custos e evite dívidas,

BOTAS COM DESCONTO



Seleção de Livros! Clique e confira.

FACEBOOK TWITTER G+

                     

CABEÇA ERGUIDA E PROCURAR COMIDA

cadela

Oi gente, meu nome é Mantra. Recebi este nome em homenagem a uma outra cadela que morou aqui e apesar de todos os cuidados, foi vencida pela idade. Resolvi contar minha história depois que li a história da Tatá. Um dia eu conto a historia da Tatá pra quem quiser ouvir.
       Minha história é muito parecida com a dela e por isso mesmo resolvi contar. Não perdi nenhuma pata, como aconteceu com a coit... com ela. Quase disse coitadinha. Já pensou, se ela resolve ler minha história e me pega chamando ela de coitadinha? Não ia prestar. Meu nome é Mantra , mas poucos me chamam assim. Muitos dos meus amigos humanos me chamam de Mantrinha, e os mais íntimos me chamam simplesmente de Tim. Adoro este apelidozinho. É música para os meus ouvidos. Principalmente quando me chamam pra almoçar “Vem Tim vem!!” e lá vou eu toda feliz da vida.
       Mas nem sempre foi assim. Fazia muito frio. Me lembro como se fosse hoje. Era junho de 1992 e parece que o mundo todo estava gelado e de repente me vi malvadamente abandonada numa beira de estrada, bem longe. Longe de tudo. Não tinha nada ali. Só mato de um lado e do outro da rua. Se não conto detalhes disso é porque ainda me faz muito mal lembrar que meus donos, que eu amava tanto, e acho que ainda amo, e que durante tanto tempo pensei que gostassem de mim, fizeram aquilo comigo. Mas tudo bem. Vi os dois manobrarem o carro e irem embora numa velocidade de fuga. Estava abandonada na beira de uma estrada e tinha que sobreviver.
       Chegou a hora do meu almoço mas alguma coisa me dizia que não ia ter almoço. Fiquei horas ali. Não queria deixar aquele ponto da estrada onde me deixaram. Quem sabe voltavam? Quem sabe não me abandonaram, mas só me deixaram ali enquanto resolviam alguma coisa por perto? Mas as horas passavam e a fome começou a exigir de mim um mínimo de bom senso. Aos poucos fui me afastando , de vez em quando parava, olhava pra trás, mas não vinha carro nenhum e quando vinha, não eram eles. Alguns eram muito parecidos e eu sentia uma esperança idiota, mas quando passavam não eram eles. Vamos melissa, vamos embora, disse eu por fim a mim mesma, tentando afastar aquela coisa horrível que me sufocava. Me tirava o fôlego. Vamos embora. Nada de desânimo nem de choromingos. É cabeça erguida e procurar comida. E assim foi.
       Segui em frente. Acho que andei uns quatro dias até começar a ver casas. Comia o que achava de comível e onde tem casa sempre é mais fácil encontrar alguma coisa que os humanos jogam fora.
       Com o tempo fui ficando magra, porque achava pouca coisa pra comer e andava muito. Não tinha mais esperança que alguém me adotasse porque além de magra, nessa altura do campeonato estava lotada de bernes e respirando com dificuldade. Por sorte encontrei uma construção

.
abandonada ( soube depois que tinha sido uma escola famosa, cheia de crianças barulhentas, que de repente fechou). Na frente havia uma espécie de lixão e eu vivia deitada na beira daquele lixão, tentando despertar pena em quem passava por ali. Nem precisava simular um aspecto deplorável, porque eu estava realmente num aspecto deplorável, principalmente quando o sol batia no meu pelo evidenciando uma cor cinza rato causada pela sugeira extrema. Isso durou mais de um mês. Muito mais. Até que um dia meu milagre também aconteceu. Um carro parou bem pertinho de mim e o motorista desceu com um pano na mão, me olhando. Eu pensei em fugir, mas reconheci o homem. Reconheci a careca negra que brilhava em cima daquele homem. Já tinha passado algumas vezes por ali no mesmo carrinho branco muito rodado.
       A partir daí tudo aconteceu muito parecido com a história da Tatá. O negão me envolveu numa toalha, enquanto uma mulher abria o porta malas e uma garotinha só olhava enquanto ele carinhosamente me deitou no porta malas. A garotinha que parecia ter uns nove anos, tampou o nariz e disse bem alto: pai, ele tá fedendo! E é muito feio!
       -É ela, Til - respondeu a mulher. Em casa a gente dá um banho nela e ela vai ficar cheirosa e bonita.
       Dito e feito. Chegaram e me enfiaram direto num balde gigante que já tinha sido preparado com antecedência. A Til era Matilde. Marta Matilde Avelar. Gostava de dizer sempre o nome completo. Sempre foi uma mocinha feliz e nós duas sempre fomos amicíssimas, mas isso eu conto depois. Ela olhava os dois tentando me manter naquela água que tinha um negócio cheiroso que espumava e que ardia nas minhas feridas. Tentei fugir do tal balde gigante, mas não consegui. Estava muito fraca e o negão de careca reluzente, usando luvas de borracha me empurrava pra baixo d’agua como se quisesse me afogar. Quase que mordi a mão dele, mesmo sabendo que tudo aquilo era pro meu bem. Acharam de tudo em mim. Pulga, carrapato, bicho de pé e berne. Tava nojento! No mesmo dia fui ao medico, Foi aí que tiveram que me dar um nome, pra constar no prontuário e no receituário e resolveram me chamar de Mantra em homenagem a outra Mantra, como eu já expliquei antes.
       Meu nome antigo era Melissa mas ninguém nunca ia descobrir. Gostei de “Mantra”. É um nome bonito. Tem carisma! Gostei mais ainda quando passaran a me chamar de Mantrinha e agora eu sou a “Tim”. Nossa como é gostoso. “Tim”. Tomei vacina, ouvimos as recomendações do veterinário, e fomos embora. Quando passei pelo espelhão da recepção tive que dar razão, à Matilde. Aquela não era eu. Não era aquela linda cadelinha de focinho preto e olhões inteligentes que as visitas gostavam de por no colo pra tirar fotos. Eu estava reduzida a um trapo de tão magra. Dava pra contar os toquinhos de osso nas minhas costas.
       Meus novos pais compraram muito remédio pra mim. Desverminante, fortificante, desintoxicante e até uma cama com lençol e tudo. você acredita?
       Hoje estou curada, saudável, linda e maravilhosa. Outro dia o Jurandir, meu veterinário disse que eu era “ uma gata”. Só não dei-lhe umas mordidas porque sei que isso é um elogio dos humanos. Estou linda!
       Faço o que posso pra mostrar o quanto sou grata a eles. Parei de implicar com o carteiro (não como mais as correspondências) e agora só faço xixi lá fora, no pé do abacateiro. Sou feliz nesta casa, rodeada do carinho da minha irmã humana Til e dos nossos pais, mas ainda guardo muitos medos. Não gosto de entrar no carro. Bobagem. Mas não gosto. Também tenho medo de chuva, de trovões, de fogos e até de vento. Ainda bem que agora tenho minha mãe que me põe no colo e eu fico encolhidinha, até tudo passar... como passou aquele terrível dia, que me abandonaram na beira daquela rua. Aquilo pra mim agora é coisa do passado.



          Encontre lindas SAPATILHAS na Marisa
  a partir de R$ 19,99

      CLIQUE AQUI E CONFIRA

FACEBOOK TWITTER G+

                     

..... ADRIANA GROSSE

Como Construir
a Autoestima Infantil


                            Psicóloga Adriana Grosse

Quando adultos uma das nossas preocupações consciente ou inconsciente é com a nossa autoestima. A autoestima está ligada com a maneira que nos percebemos perante a nós mesmos e às pessoas. Ela é construída, inicialmente na primeira infância com as figuras paternais, pessoas que exercem papéis significativos em nosso processo de crescimento e desenvolvimento, como cuidadores, familiares, escolas e a própria cultura em si, tem influencia sobre a nossa autoestima. Portanto, a autoestima é um somatório de nossas experiências e percepções destas experiências.
        A primeira infância é a base para nos tornarmos adultos mais fortes e mais confiantes. Claro que, na vida adulta também podemos ressignificar a nossa autoestima e fortalecê-la, mas se podemos trabalhar isso na vida das nossas crianças, por que não fazer?
        Existem estudos em psicologia que afirmam que crianças com baixa autoestima, se tornaram adultos com mais probabilidade de desenvolverem transtornos mentais como: ansiedade, depressão, dependência emocional e química, suicídio etc.
        Não podemos esquecer que o papel do adulto é de extrema importância para a construção da autoestima das nossas crianças e alguns comportamentos dos pais podem contribuir ou não para o bem estar do filho. A criança no primeiro momento aprende através de modelo, ou seja, ela repete o que vê e escuta, isso implica que os pais podem passar suas inseguranças e medos para seus filhos. Neste caso os pais devem analisar seus comportamentos e se esforçar para que isso aconteça em menor medida, visto que, a criança seguirá seu modelo e valores.
        Para o inicio de qualquer autoavaliação é muito importante saber qual o conceito que você tem de si mesmo. Você já se questionou qual a percepção que tem de si mesmo (a)? A percepção de si, influenciará no papel que desempenhará com seu filho.
        Pensando em fortalecer a autoestima das nossas crianças, podemos adotar alguns comportamentos para tornar nossas crianças mais confiantes e seguras de si.
        Ensinar seu filho a ter opinião é ensina-lo a respeitar-se e se tornar um adulto mais confiante nas suas próprias escolhas, mas também ensina-lo a lidar com frustrações, visto que toda escolha exigirá uma renuncia. Com perguntas simples você poderá ajuda-lo a ter opinião, como: O que você acha? O que mais gosta? O que acha disso? Gostou de como ficou? Acha que foi melhor do que a última vez? Como se sente sobre isso? Com qual roupa quer sair hoje?
        Mostrar que você confia no seu filho, também o ensinará a confiar em si mesmo. Frases que podem ser reforçadas. Confio em você meu filho. Acredito em você. Respeito a sua decisão. Respeito sua decisão, mas neste

.
caso, pela minha experiência vamos fazer desta maneira. Não é tão fácil, mas sei que vai conseguir. Está fazendo direitinho. Entende bem o que acontece. Como conseguiu? Me mostre como você faz! Você pode fazer melhor do que antes. Está melhorando cada vez mais. Ficou bem feito.
        Reconheça esforços e sofrimentos. É importante que a criança tenha sido constante e tenha se esforçado, reforce isto. Vi que trabalhou bastante para conseguir. Vi que se esforçou muito. Continue assim. Se esforçou e se saiu muito bem. Gosto como faz. Imagino quanto tempo gastou para fazer. Isso mesmo. Sei o quanto se esforçou! Teve que planejar muito para que ficasse tão bom. Seus esforços se recompensaram com bons resultados.
        Corrigir os erros, a partir do afeto. Não podemos esquecer que a criança está em construção e corrigir com gritos, só vai fazê-la se sentir inferior e incapaz. Faça seu filho entender através da conversa que ele pode ser melhor, valorizando cada acerto e estimulando a novos acertos.
        Promova a autonomia dando responsabilidades. Estabeleça limites claros e coerentes com a idade e capacidade. Aprender a ser mais responsáveis e disciplinados os ajuda a ir aprendendo pouco a pouco a ter mais autonomia, confiança e estabilidade emocional. Dar tarefas simples como arrumar a cama, o quarto, juntar os brinquedos, tirar os pratos da mesa etc.
        Não faça comparações. Não os compare com irmãos ou com os amigos. Não compare uma criança com ninguém, nem os adultos. Ninguém é melhor ou pior do que ninguém; todos nós somos diferentes. Ensine que todos tem habilidades diferentes, alguns são melhores em algumas coisas e outros em outras coisas. E que também podemos desenvolver habilidades em que achamos que não somos tão bons, praticando ou treinando.
        Não os superproteja, isso irá gerar insegurança e dependência. Reforce sempre o que for positivo, mas também pontue o que for negativo e o ajude a melhorar em seus pontos fracos. Fazer tudo para os filhos lhes transmite a mensagem subliminar de que eles não são capazes, por isso que os pais fazem tudo. Logo crescerão adultos que não confiam em suas próprias escolhas.
        É importante dedicar um tempo exclusivamente a eles. Reserve um momento para sentar no tapete da sala e brincar com seu filho (longe de celular), neste momento ele sentirá o quanto é especial e importante, reserve também um dia da semana para fazer um programa que seja somente dos dois, seja, levar no parquinho, assistir um desenho juntos, sentar para conversar, perguntar como foi a semana. Isso é a chave para mostrar a eles o quanto você se importa, e estes momentos podem gerar trocas inovadoras entre vocês ao longo do tempo, reforçando assim a autoestima infantil.  

Psicóloga & Coaching Adriana Grosse - CRP 08/18360

FACEBOOK TWITTER G+

                     

Cartagena

Cartagena das Índias é uma cidade colombiana cheia de coisas para ver e fazer. Embora cerca de três ou quatro dias sejam suficientes para conhecer a cidade, se você gosta de conhecer coisas novas, pessoas novas, e costumes novos fazer uma viagem produtiva em vários aspectos, vai preferir ficar mais um pouquinho por lá. É muito fácil se encantar por essa cidade de ruas pequenas e cenários românticos, de tanta diversidade, tantas etnias, línguas, danças e eventos populares fortemente arraigados; é bem capaz de você embarcar de volta pra casa com a sensação de já querer voltar.

.
        A Colômbia é uma nação multiétnica e diversa. Existem lá 84 povos indígenas, 60 línguas nativas e uma influente população de afro descendentes. Recebeu 16 declarações de Patrimônio da Humanidade por parte da UNESCO. Oito correspondem a lugares e outras oito, a manifestações culturais de Patrimônio Imaterial. É possível perceber a essência da alma colombiana de muitas formas: sentando para tomar um café na praça de uma cidadezinha; andando por um calçadão e admirando estátuas nos parques. A forma colombiana de ver a vida se reflete na música; nos seus museus, nos seus carnavais e nas suas tradições religiosas.
       A pé, de bicicleta ou num passeio de carruagem, tipo turista mesmo, reserve um bom tempo para andar pela “Cidade Amuralhada”, cheia de pontos turísticos como a Torre do Relógio, o Palácio da Inquisição, igrejas, praças, museus e a própria muralha e suas interações com a natureza.
       Um pouquinho fora do centro, estão o impressionante

.
Castelo de San Felipe e o Convento Santa Cruz de La Popa. Mas nem só de construções e edifícios históricos compõe-se o dia do visitante em Cartagena.
       Nas praias ou passeando pelas ilhas do Arquipélago de Rosário, com águas clarinhas, ou na Playa Blanca, com muito movimento, bonita, mas sempre cheia. Você vai encontrar em cada recanto de cartagena, algum detalhe que você de alguma maneira vai achar pitoresco e original.É uma cidade de intenso movimento e por isso, uma das ilhas privadas do arquipélago é a pedida ideal para curtir um local sereno com o mar caribenho como plano de fundo.
       Quando cai a noite, Cartagena continua cheia de atrativos. O movimento de pessoas nas ruas é intenso e também nos restaurantes, bares e baladinhas onde se pode curtir o movimento noturno. No La Vitrola, você ouve música regional numa famosa opção da noite cartageneira. Quem quizer comprar roupas de marca, a Av. San Martín, está cheia de lojas famosas e é a melhor alternativa da cidade. A fortaleza do Castelo de San Felipe de Barajas, Construída entre 1536 e 1657, é considerada a maior construção feita por espanhóis no Novo Mundo - por aí você já pode ter uma ideia da grandiosidade dessa construção.
       Se quiser fugir um pouco do calor, conheça a fortaleza de manhã cedo ou no final da tarde. Evite ir ao castelo no meio da tarde, quando o passeio de chiva deixa turistas por lá e o ponto turístico fica lotado. O El Santísimo é um dos restaurantes mais famosos de Cartagena e quem quizer apreciar boa comida e, estiver com o orçamento folgado, não deve deixar de conhecê-lo. Com decoração arrojada e atendimento rápido e atencioso, El Santíssimo é indicado para um jantar agradável. Mas faça reserva, principalmente para jantar no fim de semana. O cardápio tem carne, peixes e frango em combinações criativas e ingredientes da região.
       Ao planejar sua viagem, reserve um bom tempo para desbravar o centro histórico, dividido em quatro pequenos bairros, e caminhar sem compromisso por ruas, sempre cheias de vendedores de frutas, artesãos e artistas. São as cores e os sabores de Cartagena.

FACEBOOK TWITTER G+


                     

DECORAÇÃO QUENTE

Ambientes aconchegantes são ideais para enfrentar as baixas temperaturas neste início de inverno. É por isso que decorar a casa com elementos que trazem conforto e calor é essencial nesta época do ano. Surgem como tendências os tons terrosos e peças em madeiras, que podem estar nos móveis, pisos, paredes ou objetos decorativos. Decorar com madeira é sinônimo de sofisticação e calor. Um carpete de madeira por exemplo pode dar este tom de sofisticação no quarto. Na cozinha e banheiros, deve-se levar em conta a praticidade e a limpeza das peças: revestimentos de cerâmica que imitam textura natural são escolhas certeiras. Nesses casos, harmonize o ambiente com peças claras, entre elas, a cuba e o vaso sanitário.

sala quente

No que diz respeito à sintonia das cores, não vai haver erro se você seguir os princípios de similaridade e contrastes. A primeira alternativa é trabalhar o tom sobre tom, e a segunda opção exige que uma cor base e uma cor de contraste sejam usadas paralelamente. Ao escolher a base para paredes, piso e mobília, por exemplo, a cor contraste deverá ser aplicada em objetos, detalhes, paredes menores e móveis pequenos, por exemplo.

cores quentes

Marrom, vinho, amarelo, bege são os tons que mais combinam com o inverno. Neste conjunto de elementos e suas variações está a chave para deixar o ambiente quente e confortável. A sala de estar é o espaço ideal para ousar. Pense em paredes escuras com um sofá em suede ou veludo bege, por exemplo. Com o retorno do Vintage como tendência de decoração, tecidos luxuosos como o veludo também estão de volta, especialmente neste inverno que chegou com rigor. Criado no Oriente e popularizado na Europa, o veludo é considerado um tecido antigo. Um dos mais antigos do mundo e foi utilizado durante séculos por reis e rainhas e, ainda hoje, é sinônimo de refinamento. Contudo, você precisa ter cuidado na hora de usá-lo para a sua decoração não ficar over. Sinônimo de elegância, ele pode também se tornar um curinga para quem deseja decorar modernamente com um toque retrô.

moda  branco

O veludo é ideal para deixar sofás e poltronas relaxantes e convidativos. Por ser encorpado, o veludo pede detalhes e arremates clássicos, como tachas de metal e os famosos capitone. Você pode apostar também em uma cabeceira em veludo e transformar sua cama na estrela do ambiente. Os cuidados para preservar o veludo são simples: basta aspirador de pó e, uma vez por mês, limpar a peça com um pano de microfibra úmido. Se achar necessário, contrate anualmente um serviço de limpeza profissional que usará produtos especiais para manter sua beleza e maciez.

moda tudo branco

Se você gosta da tendência, tem também a opção de colocar o veludo em pequenos detalhes, como nas almofadas por exemplo. Além de trazer um ar de conforto ao ambiente, essas peças em veludo adicionam um toque de sofisticação imediato para poltronas, camas e sofás. A regrinha de ouro é sempre usar cores quentes e em sintonia.


PRAIAS